Muita atenção nesta hora
Governo aumenta capacidade de endividamento do funcionalismo



14/07/2015

O governo publicou dia 13 no Diário Oficial da União a Medida Provisória (MP) nº 681 que aumenta de 30% para 35% o limite do desconto do crédito consignado em folha de pagamento.

O novo limite de renda é válido para empregados regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), aposentados, pensionistas e servidores públicos. O desconto é para o pagamento de empréstimos, financiamentos, cartão de crédito e operações de arrendamento mercantil (leasing).

A MP estabelece que, do limite de 35%, 5% são reservados exclusivamente para pagamento de despesas contraídas por meio de cartão de crédito. O desconto também poderá incidir sobre verbas rescisórias, se assim estiver previsto no contrato de empréstimo. A medida provisória também prevê que o servidor poderá tomar o empréstimo em favor de terceiros.

Em maio deste ano, a presidenta Dilma Rousseff vetou lei que aumentava o limite de desconto, que passaria de 30% para 40% da renda. Na época, a presidenta entendeu que “sem a introdução de contrapartidas que ampliassem a proteção ao tomador do empréstimo, a medida proposta poderia acarretar um comprometimento da renda das famílias para além do desejável e de maneira incompatível com os princípios da atividade econômica”.

Agência Brasil









Reforma e ampliação do Espaço Social da AGASAI foi inaugurada oficialmente
Ontem, dia 22, o novo Espaço Social da AGASAI foi oficialmente inaugurado e apresentado pela Diretoria ao Conselho Fiscal e Diretores de outras entidades representativas do funcionalismo federal.
Leia mais
Tabela INSS
Reajuste 15,8%


2013
2014
2015
Tabela Seguridade Social
Reajuste 15,8%

Clique aqui
Editorial
O gigantesco abismo salarial entre as carreiras do funcionalismo
Leia mais


Clique para acompanhar a movimentação do cartão Convênio AGASAI
Clique para conferir a movimentação do seu cartão Unik - AGASAI
Clique para acompanhar a movimentação do cartão AGASAI - Unik
Leia Mais O fim da contribuição de servidores inativos
Um dos pontos mais polêmicos da reforma da Previdência de 2003 foi a cobrança de contribuição previdenciária de aposentados e pensionistas do serviço público.
Leia mais
Notícias da AGASAI
Cadastre seu e-mail para receber o boletim semanal de notícias da Associação

 
Siga a AGASAI no Twitter Curta a AGASAI no Facebook